Livro escrito por itapecericano aborda história do Reinado do Rosário

04/02/2019

 

Danilo Moreira

 

A história da “Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos de Tamanduá” é o tema de um novo livro, escrito pelo itapecericano Carlos Antônio Gondim. A obra, que aborda de maneira geral a bicentenária festa do Reinado do Rosário de Itapecerica, foi lançada oficialmente no dia 25 de janeiro, em uma noite de autógrafos no salão do Rotary Club.

 

Denominado “A Memória Negra nos Tambores de Tamanduá – A Antiga”, o livro impressiona pelo seu processo de pesquisa envolvendo o material de acervo do Museu Bento Ernesto Júnior. Dessa forma, muitos detalhes da própria história de Itapecerica são apresentados, desde as origens das Irmandades Negras na região até as memórias das principais figuras da tradicional festa do Reinado.

 

“O Reinado em Itapecerica não é feito somente da tradição de seus ternos, suas danças e suas cantorias. É feito, sobretudo, por pessoas que conservaram a tradição e a transmitiram de geração a geração, não permitindo que ela se perdesse no tempo, assim sobrevivendo como testemunho de uma história de sacrifícios e sofrimentos, de pessoas que nunca mediram esforços para fazer o que fizeram, sem pedir nada em troca.” (p. 57)

 

No evento de lançamento, falaram aos presentes: a coordenadora do projeto, Simone Vieira; o prefeito de Itapecerica, Wirley Reis; o ex-prefeito de Itapecerica e representante da Nacional de Grafite, Lindolfo Pena Pereira; e o presidente da Associação do Reinado do Rosário de Itapecerica, Antônio Anielo D’Alessandro. Além disso, ternos de Reinado se apresentaram na ação.

 

A obra, de mais de cem páginas, contou com apoio da Lei de Incentivo à Cultura e da Prefeitura de Itapecerica, além de patrocínio da Nacional e Grafite. Os exemplares para aquisição estão disponíveis na sede da Associação do Reinado, na Rua Necésio Tavares, na região central do município.

 

Foto: Danilo Moreira / Folha de Itapecerica


VOLTAR